Produzimos estudos estratégicos sobre a indústria de petróleo, gás e biocombustíveis, tendo como princípios a soberania nacional, a preocupação com a autossuficiência e segurança energética, bem como o zelo com a coisa pública. 

Contato

Avenida Rio Branco, 133, 21º andar, Centro

Rio de Janeiro, RJ.

+55 (21) 99374.2894

Menu

  • Facebook ícone social
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

Copyright Ineep 2018 - 2019. Todos os direitos reservados.

Buscar

Leão: Crise do preço começou com coronavírus e queda na demanda chinesa



Economista Rodrigo Leão explica o início da crise em entrevista ao portal Sputink News

O coordenador do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep), Rodrigo Leão, em entrevista à Sputnik Brasil, afirmou que a crise do petróleo tem como primeira origem um problema de demanda.


"O primeiro fator que a gente tem que observar é a queda da demanda asiática por petróleo. Hoje os três maiores países da Ásia - China, Índia e Japão - importam cerca de 18 milhões de barris de petróleo por dia, o que significa mais ou menos 35-37% de tudo que o mundo importa de petróleo. Com a crise do coronavírus esses países, principalmente China e Japão, começaram a ter uma queda nas importações de petróleo", afirmou.


De acordo com ele, o segundo fator que originou a crise foi a disputa entre a Arábia Saudita e Rússia.

"Me parece que tem um movimento estrutural importante, que o preço deve se situar em um patamar um pouco mais baixo pelo menos nesse primeiro trimestre, por conta da redução da demanda asiática, que eu não imagino que deva voltar com muita força", destacou.

Fonte original: https://br.sputniknews.com/opiniao/2020031015316601-recuperacao-da-petrobras-vai-depender-do-controle-do-coronavirus-diz-especialista/

Temas de estudo